Fotografia de um notebook, com mãos de três pessoas apontando para a tela.
(John Schnobrich/Unsplash)

A Recode é uma organização social que fala sobre empoderamento digital na educação. Uma das suas ações é o TEC.la, um programa de formação gratuita para professores em pensamento computacional. Em parceria com a Eidos Global, essa ação busca apoiar educadores no processo de desenvolver as competências digitais da BNCC.

LEIA MAIS: Bett Educar 2019 une aprendizagem e tecnologia para falar sobre o futuro da educação

De maio a junho deste ano, a Recode oferece o curso para escolas públicas de Ensino Fundamental no Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Florianópolis e Brasília. As oficinas têm duração de 16 horas – sendo 8h presenciais e 8h online. Eles vão mostrar, de forma prática, como os princípios do pensamento computacional colaboram com o estudo e a preparação dos jovens para o futuro.

Sobre a formação em pensamento computacional

“O professor vivenciará na oficina como as metodologias ativas contribuem para aulas mais dinâmicas e interativas. E também como a nossa metodologia e a tecnologia podem impactar vidas. Isso deixará o professor mais seguro e com mais autonomia para planejar as suas aulas”, afirma Patrícia Alves, coordenadora pedagógica da Recode.

OLHA SÓ: Humanizar a educação: as ações do Instituto Península para formar professores

Para participar, os pré-requisitos são: ser uma escola de Ensino Fundamental com no mínimo 10 computadores e internet. Além disso, ter a capacidade de receber duas turmas de 25 professores e ter cadastro na Plataforma Recode. Para se inscrever, basta acessar o site da Recode ou entrar em contato com educacao@recode.org.br