Fotografia de uma professora sentada, mostrando um livro para aproximadamente seis crianças.
(Reprodução/Facebook Centro de Referências em Educação Integral.)

A Plataforma-metodologia de Currículo para a Educação Integral foi lançada em fevereiro, em parceria com o British Council e o município de Tremembé. O material é um referencial teórico e que oferece uma abordagem prática para formação de professores e gestores educacionais e escolares. Além disso, ele aborda uma discussão contextualizada da BNCC nos territórios das redes de ensino.

LEIA MAIS: Curso online Portas abertas para a inclusão: educação física inclusiva

A Educação Integral busca garantir o desenvolvimento humano em todas as suas dimensões: intelectual, física, afetiva, social e cultural. Para isso, pressupõe a construção de um projeto educativo compartilhado por gestores, professores, famílias, estudantes e comunidades.

O material visa apoiar a construção de currículos que conversem com a Educação Integral nas redes públicas de educação do país. Um ponto de destaque da plataforma é a metodologia de autoavaliação gráficos de radar, auxiliam principalmente na aprendizagem criativa. A metodologia proposta está organizada em três etapas: Fundamentação,  Desenvolvimento e Consolidação e seus objetivos são:

  • Contribuir com a construção curricular nas redes municipais e estaduais de educação a partir da Base Nacional Comum Curricular.
  • Sugerir processos participativos e colaborativos de construção curricular nas redes.
  • Oferecer referências e metodologias que instrumentalizem gestores e professores para a elaboração dos currículos nas redes.S

Saiba mais informações no site e confira o material completo do Centro de Referências em Educação Integral.