Imagem de capa do documentário Fora da Caixa, com o título do material e o subtítulo "Como a educação democrática forma alunos e cidadãos", e um fundo colorido

A educação democrática ainda não é um assunto muito falado. Estruturas de ensino onde o protagonismo estão presentes no cotidiano parecem realidades muito distantes, especialmente para quem sempre estudou em escolas que não valorizam a voz de todos no processo de aprendizagem. Essa abordagem que busca a autonomia pode garantir um significado muito maior no ensino para os jovens. Pensando nisso, o documentário “Fora da Caixa” explorou um pouco mais essa alternativa educacional.

E, além de tudo isso, há uma questão muito importante relacionada com essa forma de ensinar: o combate à evasão escolar. Com um ensino mais humano, que presta atenção nas necessidades e vontades dos jovens, o engajamento dos alunos é muito maior. Ou seja, uma educação com mais sentido é essencial para ajudar a solucionar essa questão, que é um dos maiores desafios da educação brasileira. 

Jovens críticos e autônomos

‘Fora da Caixa – Como a Educação Democrática Forma Alunos e Cidadãos’ mostra como se dá esse processo de aprendizagem. Além de tornar essa experiência muito mais atraente e significativa, o processo social também é muito importante. Afinal, as escolas podem formar jovens mais críticos e autônomos, que podem repensar o ensino tradicional. Veja o material: