Imagem com o fundo roxo e o texto "Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora"
(Reprodução)

No mês passado, foi realizado o evento de premiação dos vencedores do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora, no Sebrae Minas. No “Exploratórium – Professores que inspiram”, foram conhecidas as melhores práticas de educação empreendedora do estado. Haviam quatro categorias: Ensino Fundamental, Médio, Profissional e Superior.

OLHA SÓ: Plataforma da Lúmina/UFRGS oferece 40 cursos online e gratuitos

Projeto “Ler é Crescer”

Em 1º lugar, na categoria Ensino Fundamental, ficou o projeto “Ler é Crescer”. Ele faz parte da Escola Estadual Coronel Filomeno Ribeiro, de Montes Claros/MG. Lá, eles desenvolveram a cultura da leitura com os alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. Ao mesmo tempo, estimularam o desenvolvimento dos comportamentos empreendedores.

Projeto “Educação Empreendedora: Sonhos e Práticas”

VEJA TAMBÉM: Design Thinking: um guia de referências e inspirações

Já na categoria Ensino Médio, o 1º lugar foi para o projeto “Educação Empreendedora: Sonhos e Práticas”. Ele aconteceu na Escola Estadual Américo Martins, de Montes Claros/MG.  Foi construído um ambiente empreendedor na escola, com diversas atividades que resultaram na realização da 1ª Feira Empreendedora da Escola. Nesse encontro, foram criados 36 novos negócios. “Alguns alunos continuaram as empresas e outros planejam abrir o próprio negócio. O espírito empreendedor tomou conta da escola. E o desânimo e a falta de esperança e autoestima ficaram mais distantes dos nossos jovens”, ressalta Sande.

Projeto “Clube de Empreendedorismo”

No Ensino Profissional, o 1º lugar foi para o projeto “Clube de Empreendedorismo”. A iniciativa aconteceu no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais – Campus Muzambinho. O clube foi criado para promover eventos e experiências curriculares que inspirassem ações empreendedoras inovadoras nos cursos do instituto. Além disso, buscava criar oportunidades de vínculo entre empreendedores regionais e o campus, visando soluções para problemas locais e regionais. 

LEIA MAIS: Inovações Radicais na Educação Brasileira – Paulo Blikstein e Flávio Campos

Projeto “Educação 5.0: Surfando pelo futuro da Aprendizagem”

Por fim, na categoria Ensino Superior, o 1º lugar foi para o projeto “Educação 5.0: Surfando pelo futuro da Aprendizagem”. Ele aconteceu no Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam). O projeto interdisciplinar uniu estudantes dos cursos de Pedagogia e Engenharia Elétrica. O desafio era desenvolver produtos educacionais a serem utilizados em oficinas pedagógicas na educação infantil. Desta forma, eles puderam refletir sobre como poderiam inovar e contribuir com a comunidade.

Educação Empreendedora

Os vencedores foram escolhidos a partir da análise dos relatos de casos apresentados pelos participantes durante a inscrição no prêmio. Eles irão representar Minas Gerais na etapa regional do certame, com a possibilidade de classificação para a etapa nacional da premiação.